Uma São José para o Brasil

Como você vê a cidade de São José dos Campos? Resido aqui desde 1997, quando me mudei com minha família do Sul para esta cidade. Não nasci aqui, mas me tornei cidadão joseense por título honorário da Câmara em 2012, o qual muito me honra. A cidade cresceu a olhos vistos em todos os sentidos. Amo viver aqui, e você?

A igreja onde sirvo como pastor líder cresceu com a cidade, passando de 620 membros em 1997 para mais de 13.000 membros residentes na cidade. A igreja tem 8 campi, desde o Jardim Primavera na Zona Leste, ao Jardim Imperial na Zona Sul, além de outros campi nas zonas Oeste, Centro-Oeste e Central. Chegaram com o crescimento organizações de serviços e apoio à nossa população, como a ABAP, a Rádio Cidade, a Casa Sol, o Colégio Inspire a Cidade Sports e, brevemente, a Faculdade Cristã da Cidade. Apoiamos os serviços de entidades como o GAAC, GAIA e Associação Ágape. A Igreja da Cidade realiza muitos serviços e eventos que inspiram a cidade, como o Auto de Páscoa, que reuniu em sua última edição 39 mil pessoas no Campus Colina da Igreja e 2.000 voluntários. O Auto, maior espetáculo indoor do país de seu tipo, distribuiu mais de 30 toneladas de alimentos para 18 organizações sociais católicas, espíritas e evangélicas da região.

Andando pelas ruas de São José nessa semana, pensava sobre o futuro desta importante cidade. Como estaremos daqui a 10 anos? Na semana passada, realizou-se em nossa cidade a 18ª edição da conferência de liderança Inspire Brasil, com 2.460 participantes de todas capitais do Brasil. Quase todos comentam como a nossa cidade é bonita e organizada. Talvez você também já tenha ouvido essa fala frequente. Por outro lado, sofremos os efeitos da nossa economia brasileira e problemas sociais nacionais, como o desemprego, a violência e a corrupção. Ainda assim, penso como seria bom se houvesse uma São José dos Campos para cada dos quase 6 mil municípios do Brasileiros.

Infelizmente, há pessoas negativas que enxergam a partir da sua única perspectiva pessoal e não enxergam o quanto de bom temos em nosso estado, Vale e, em particular, em nossa cidade com um todo. Oro para que nosso prefeito Felício Ramuth continue fazendo uma boa gestão em nossa cidade, juntamente com toda sua equipe de governo; que os vereadores façam seu papel de fiscalizar e legislar por uma cidade melhor para todos; e oro também para que cada cidadão, empresário, servidor e trabalhador em geral trabalhe por uma cidade melhor.

Se juntos estivermos unidos, ajudando o próximo e servindo aos que mais precisam, avançaremos ainda mais e inspiraremos o Brasil. Não é fácil, mas é possível. Com a benção de Deus e a unidade das pessoas, podemos ir mais longe..

Você é uma pessoa de fé?

Você é uma pessoa de fé? Em quem você ou que você confia? Onde você deposita sua fé? Como humanos, somos formados de matéria, como dizem as Escrituras Sagradas, “o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12:7). Temos composição química do corpo, mas somos também seres que recebem alma com sentimentos e lugar de habitação do Espírito Santo de Deus, mediante a fé em Jesus Cristo. Na verdade, não creio que somos seres que possam vir a ter uma experiência espiritual, mas que somos espirituais que receberam de Deus a oportunidade de uma breve experiência humana.

Conscientemente ou não, você vive de fé todos os dias. Como você entra em um avião para chegar a um destino? Porque crê que ele é seguro. Você confia no piloto sem mesmo vê-lo, como também nos equipamentos. Você pode não perceber, mas todos os dias toma decisões de fé. Está escrito: “Assim diz o Senhor: Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor. Mas bendito é o homem cuja confiança está no Senhor, cuja confiança nele está. Ele será como uma árvore plantada junto às águas e que estende as suas raízes para o ribeiro. Ela não temerá quando chegar o calor, porque as suas folhas estão sempre verdes; não ficará ansiosa no ano da seca nem deixará de dar fruto” (Jeremias 17.5-8).

Confiança, alguns dizem, é “a fé que se deposita em alguém ou em algo”, outros, que é “a coragem proveniente da convicção no próprio valor ou no valor de outrem”. Sobreviver sem algum tipo de confiança é praticamente impossível. O homem é o centro de nossa sociedade atual – e muitas vezes tem se mostrado falho em suas técnicas e maneiras de fazer as coisas. Ainda assim, grande parte da humanidade insiste em confiar apenas em si mesma, ou em um grupo de pessoas, empresas e instituições criadas pelo homem que tenham algum tipo de proteção.

O profeta Jeremias escreve a uma sociedade parecida com a nossa, o povo de Judá que confiava apenas em si mesmo ou em ídolos vazios que nada podiam fazer.

No entanto, não é expressa somente condenação, mas, sobretudo, amor, misericórdia e compaixão. Bendito será aquele que permanece, espera, crê confia e ousar em nome do Senhor. Ele será forte, suprido e fortificado, não receará o mal, nem deixará de dar frutos. É ciente de quem Deus é e de tudo o que faz. Vive tranquilo, habita em segurança, pois sua segurança vem do alto. Sabe do serviço que deve ser feito e de sua importância nele.

De acordo com B. B. Warfield “O cristianismo não é meramente um programa de conduta; é o poder de uma nova vida”. Que jamais confiemos apenas em nós mesmos, em nossa formação, capacitação intelectual ou em nossos bens. Que o Senhor gere em cada um de nós confiança completa e integral Nele. Ele é a vida, o sustento de tudo, a rocha segura para construir nossas vidas. Tenha uma fé consciente e deposite em Deus, através da Bíblia Sagrada, suas decisões de fé diariamente. Você poderá perceber que sua vida será mais cheia de paz, estável e com sentido..

Solitude interior x barulhos do mundo

Você não precisa necessariamente estar isolado do mundo e das pessoas para ter paz interior, isto chama-se isolamento e não solitude. Não tem a ver com ser introvertido ou extrovertido; isto tem a ver com personalidade. Também não tem a ver com morar no interior ou na cidade; tem mais a ver com suas escolhas de vida, decisões do coração e suas atitudes diante dos fatos da vida.

Precisamos e podemos, mesmo em meio a agitação da cidade, trabalho, estudos, tomadas de decisões, agenda cheia de compromissos e cercado de muitas pessoas, desenvolver e viver uma vida de paz interior, é possível. A paz de espírito, a solitude e a serenidade, são as principais bases para que o ser humano seja feliz nestes dias tão exaustivos que temos vivido, elas nos ajudam a preservar a sanidade em dias de tantas pessoas doentes da alma e das emoções. O fato é que todos podemos e devemos viver em paz, especialmente nós que vivemos no contexto urbano e na cultura do mundo fábrica, onde tem-se ocasionado uma imensa realidade de pessoas ansiosas e depressivas, muitos com pensamentos suicidas, diversas síndromes e bipolaridades.

Todos nós precisamos cuidar bem das nossas emoções, e quanto mais rápido, melhor. Desde cedo o grau de respostas adaptativas é maior.

Contudo, o que fazer para melhorar nossa qualidade de vida segundo a orientação bíblica?

Coloque em sua mente somente o que possa ajudá-lo realmente a viver em paz, com atitudes positivas. No momento em que vier algo ruim a sua mente, alguma “voz” dizendo que você é incapaz e que você não tem condição, rebata esse sentimento de baixa autoestima com outro, mediante a sua razão. Não é seu sentimento que deve controlar você, quem controla seu sentimento é você. A Bíblia diz que o coração do homem é enganoso. Quando a Bíblia diz à respeito do coração, está dizendo que o que você sente pode ser passageiro, volúvel e irreal. Então treine esse mecanismo, rebata seu pensamento com outro, seja bom nisso. Não fique achando que isso soa como falso, pois não é. Você pode também rebater seus pensamentos negativos com conselhos bíblicos motivadores, como: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança” (Lamentações 3:21).

Seu mundo exterior pode estar em confusão, guerra e conflito, todavia, seu mundo interior é Jesus, e Nele você encontra completa paz de espírito. Caso você esteja atravessando uma crise emocional, não se isole, busque ajuda profissional, desenvolva fé em Deus, cerque-se de pessoas saudáveis e cheias de fé. Viva em paz, a paz de Deus!.